Terça-feira
17 de Maio de 2022 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Dicas Camilo e Monteze

Júri condena mais quatro acusados por assassinato de 'Dudu da Rocinha' em presídio

O Conselho de Sentença do 3º Tribunal do Júri da Capital condenou quatro acusados pela morte de Eduíno Eustáquio de Araújo Filho, o Dudu da Rocinha, em julho de 2013. Ele foi assassinado dentro do presídio Vicente Piragibe, no Complexo de Gericinó, em Bangu. De acordo com o laudo de necropsia juntado ao processo, Dudu foi estrangulado. Gutemberg Lino foi condenado a 21 anos de reclusão; Adriano Soares de Jesus a 18 anos e nove meses; Marco Aurélio Moura da Silva a 22 anos e seis meses; e Alexandre Antônio dos Santos a 21 anos. Todos cumprirão a pena em regime fechado. Por maioria de votos, o Conselho de Sentença reconheceu que o crime foi cometido por motivo torpe, como vingança por, supostamente, Dudu ter informado aos agentes penitenciários o local onde a facção guardava armas dentro do presídio, e que a ação impediu a defesa da vítima, atacada por várias pessoas enquanto dormia numa cela pequena. “A culpabilidade do acusado é reprovável, uma vez que revela extrema audácia na prática do crime no interior do sistema prisional, descortinando total desrespeito e afronta ao Estado e suas instituições”, destacou na sentença a juíza Raphaela de Almeida Silva, que presidiu a sessão do Júri. Em novembro do ano passado, Bruno Lima Cabral da Silva, Jonas de Oliveira da Silva, Luiz Paulo Ferreira Esmeraldino Moura, Renato Castilho de Oliveira e Charles Silva Batista foram condenados por homicídio qualificado no mesmo caso, em um processo desmembrado.  Processo n°: 0254704-20.2013.8.19.0001 JGP/FS
25/01/2022 (00:00)
Visitas no site:  128813
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia