Segunda-feira
20 de Maio de 2024 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Dicas Camilo e Monteze

Projeto Inclusão Legal recebe mais 32 integrantes

“Por ser homem trans, eu encontro muitas situações de preconceito, o que dificulta a inserção no mercado de trabalho, apesar da qualificação profissional. É uma alegria muito grande poder participar de um projeto que oferece oportunidades e garante, além da sobrevivência, a dignidade”, disse Diego Antunes. Ele é fotógrafo, tem 29 anos e estava desempregado. Diego e mais 31 pessoas em situação de vulnerabilidade, a maioria jovem, foram recebidos, nesta quarta-feira (17/04), pela juíza auxiliar da Presidência Ana Paula Monte Figueiredo Pena Barros e pelo secretário de Sustentabilidade e Responsabilidade Social Antônio Francisco Ligiero. A partir de agora eles fazem parte do projeto Inclusão Legal, que oferece a oportunidade de trabalho nas persas unidades organizacionais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. O programa promovido pela SGSUS integra pessoas com mais de 18 anos, em situação de vulnerabilidade e risco social, vítimas de violência doméstica e LGBTQIA+, entre outras. A partir da chegada desse grupo são 65 participantes. Mirtes Nepomuceno, tem 41 anos de idade e integra o projeto desde novembro do ano passado. Ela conta que a vida mudou depois que começou a trabalhar no TJRJ: “Quando cheguei aqui eu estava desempregada e meus filhos moravam num abrigo. Hoje, consegui alugar uma casa, eles já estão comigo e vou realizar o sonho de ser advogada. Já estou estudando para o Enem”.  “É muito gratificante ver a alegria e o crescimento deles, não só cultural, mas também emocional. Eles não são simplesmente colocados para trabalhar. Eles têm acompanhamento de uma equipe técnica especializada. O projeto realmente muda o rumo da vida deles”, ressaltou a juíza auxiliar da Presidência, Ana Paula Barros. Também participaram do encontro no auditório Desembargador José Navega Cretton a diretora do Departamento de Acesso à Justiça, Ação Social e Acessibilidade (Deaju), Andrea Vaz Barbosa; o diretor do Departamento de Sustentabilidade, Luiz Felipe Fleury Correa; e a diretora da Divisão de Ação Social e Acessibilidade, Marcia Fayad.  Departamento de Comunicação Interna 
17/04/2024 (00:00)
Visitas no site:  218648
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia